Quinze crianças mineiras disputam o reality musical ‘The voice kids’

Tv Globo/Divulgação
Maria Clara encantou os jurados com samba de Adoniran (foto: Tv Globo/Divulgação)

Andradas, Belo Horizonte, Campo do Meio, Cláudio, Contagem, Itaverava, Ituiutaba, Montes Claros, São João del-Rei, São Lourenço e Uberlândia. Todas essas cidades estão representadas na reta final da 4ª edição do The voice kids, atração musical da TV Globo. Depois de centenas de crianças tentarem a sorte nas audições às cegas, as temidas batalhas começam neste domingo (17). Nessa fase, os candidatos serão divididos em trios do mesmo time para as apresentações. Caberá aos técnicos decidir quem segue na disputa.

Cada equipe – Carlinhos Brown, Claudia Leitte e Simone & Simaria – tem 24 candidatos – 72 ao todo. Treze são de Minas – as duplas formadas pelos irmãos Lucas e Vinicius, de 11 anos, naturais de São João del-Rei, e Helen e Heloísa, de Andradas, contam como se fossem um participante. No total, 15 mineiros querem brilhar nesta edição do The voice kids. A dupla formada pelas gêmeas Helen e Heloísa encantou os jurados ao interpretar um clássico do Clube da Esquina, hino de amor a Minas: Para Lennon e McCartney (Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant). “A gente descobriu essa música por causa da tia Iraci, nossa professora. Inclusive, elas nos acompanhou no programa. Aprendemos a cantar com ela”, revela Helen. Ninguém na família das garotas de Andradas é cantor, compositor ou instrumentista.

A mãe costumava ouvir música em casa, o que estimulou as gêmeas. “Começamos a cantar com 5 anos, ouvíamos CDS infantis. Com 8, a gente passou a ter aula de canto. Nosso grande sonho é sermos grandes cantoras”, emenda Heloísa. Em Andradas, as meninas são conhecidas como a dupla mirim que se apresenta em estádios de futebol, festas e eventos. Fãs de todos os estilos musicais, as duas asseguram: já se consideram vencedoras, só por participar do The voice kids. “Esperamos que o programa nos traga muitas oportunidades”, diz Helen. As irmãs, que costumam vestir roupas iguais para confundir familiares e amigos, fazem parte do time de Simone e Simaria, assim como os gêmeos Lucas e Vinicius.

João Miguel Júnior/Tv Globo/Divulgacao
As gêmeas Helene e Heloísa interpretaram um dos clássicos do Clube da esquina (foto: João Miguel Júnior/Tv Globo/Divulgacao)

Os meninos chamaram a atenção ao interpretar Rapariga, não, sucesso de João Neto & Frederico e das sertanejas baianas. Aliás, elas angariaram o maior número de mineirinhos: sete. Além dos garotos de São João del-Rei, fazem parte da turma Emanuely Kamily, de 12 anos, de Montes Claros; Giovana Rezende, de 10, que vive em Itaverava; Isadora Bertolino, de 11, de Uberlândia; Polly Angel, de 13, que mora em Contagem; e Nicolas Gabriel, de 11, natural de Campo do Meio.

SÃO PAULO

O time de Claudia Leitte ganhou o reforço de dois belo-horizontinos que moram em São Paulo: Lavínia Aisar, de 14, que também sabe tocar violão, teclado, guitarra, bateria e contrabaixo, e Pedro Miranda, de 11. Além de cantor, ele é ator e participou da novela Carinha de anjo, no SBT/Alterosa, exibida em 2017 e 2018. Os pais de Pedro são músicos e se conheceram em uma banda. “Quando meu pai, meu professor, meu mentor e minha inspiração, estava na faculdade, ele tinha aulas de musicalização infantil. Acho que fui cobaia (risos)”, brinca o garoto.

João Miguel Júnior/Tv Globo/Divulgacao
O talento mirim Pedro Miranda é um dos participantes (foto: João Miguel Júnior/Tv Globo/Divulgacao)

“Todos os dias, eles colocavam música perto da barriga da mamãe pra eu escutar. A relação com a música é algo natural na minha vida.” Porém, só em 2016 Pedro atinou para o desejo de cantar. Isso ocorreu quando abriram as inscrições para a primeira edição do The voice kids. Ele não pode se candidatar, devido à idade. “Minha mãe disse que isso era ótimo, pois assim eu teria um ano para me preparar. Foi quando me interessei por tocar violão. Aprendi os primeiros acordes com meu pai“, revela. Há dois anos, a família se mudou para a capital paulista em busca de melhores oportunidades no meio artístico. Pedro não sabe se prefere atuar ou cantar. Diz que pretende fazer as duas coisas. “Por isso amo tanto o teatro musical, pois consigo cantar e atuar ao mesmo tempo. E vou levando assim. O fato de cantar me torna um ator mais completo. Na música, ser ator me ajuda na interpretação. Quero os dois, estou estudando muito todos os dias pra dar sempre meu melhor”, revela Todos os técnicos viraram a cadeira para Pedro ao ouvi-lo interpretar Sina, de Djavan.

Durante os ensaios, o menino já pensava em que parte da música isso ocorreria. “A gente sempre fica com muito medo de não acontecer. Aí, eu pensava: se pelo menos uma virar, já seria maravilhoso. Quando viraram as três, não acreditei. Fiquei realizado e honrado, pois Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Simone e Simaria são artistas incríveis. É demais poder aprender com eles”, diz. O menino vai confiante para as batalhas. “Mesmo se não vencer, vou dar o meu melhor e tentar fazer um show lindo para o público. Com isso, conseguirei passar a minha mensagem para todos. Mas quero muito vencer, claro, e seguir em frente na competição”, ressalta.

ELIS

O time de Carlinhos Brown tem quatro mineiros: Cacau Ribeiro, de 10, é de São Lourenço; Guilherme Mendes, de 12, mora em BH; João Vitor Alves, de 13, nasceu em Cláudio; e Maria Clara Maia, de 11, é de Ituiutaba. A garota encantou com sua performance de Tiro ao álvaro (Adoniran Barbosa e Oswaldo Moles). Surpreendeu ao revelar que sua grande influência é Elis Regina. “Acho a Elis incrível, perfeita, maravilhosa, e me identifico bastante com ela. As músicas da Elis mostram uma realidade que as pessoas não querem ver. Pena que não tive a chance de conhecê-la”, comentou Maria Clara, logo depois de selecionada. Com apenas 4 anos, ela ganhou um cavaquinho do avô. “Meu pai tocava violão e passei a cantar com ele. Depois de um tempo, minha mãe me matriculou no conservatório de Ituiutaba. Amo música, escuto o tempo todo”, diz ela. Maria Clara vem chamando a atenção em Ituiutaba. Os conterrâneos a reconhecem e sempre pedem uma palinha. “Quero dar o meu melhor. E também me divertir na apresentação. Cantar representa tudo, amo o que faço. Adoro passar energias boas para as pessoas. Sou muito esforçada e me dedico ao máximo. Quero realizar o meu sonho”, avisa a fã de Elis Regina.

TIMES

Carlinhos Brown

Cacau Ribeiro, 10 anos. De São Lourenço

Guilherme Mendes, 12 anos. De BH

João Vitor Alves, 13 anos. De Cláudio

Maria Clara Maia, 11 anos. De Ituiutaba

Claudia Leitte

Lavínia Aisar, 14 anos. De BH

Pedro Miranda, 11 anos. De BH

Simone & Simaria

Emanuely Kamily, 12 anos. De Montes Claros

Giovana Rezende, 10 anos. De Itaverava

Helen e Heloísa, 12 anos. De Andradas

Isadora Bertolino, 11 anos. De Uberlândia

Lucas e Vinícius, 11 anos. De São João del-Rei

Nicolas Gabriel, 11 anos. De Campo do Meio

Polly Angel, 13 anos. De Contagem

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA