‘Metade morreria até sem covid’, diz prefeito de cidade mineira sobre 19 óbitos em asilo

Fala do prefeito Luiz Antônio (PT), de Alfenas (MG), foi feita em coletiva sobre Lar São Vicente de Paulo,que registrou 19 dos 21 óbitos da cidade

Asilo tem 19 mortos e 98 infectados Reprodução / Facebook

Noventa por cento das mortes causadas por covid-19 em Alfenas, município a 346 km de Belo Horizonte, ocorreram dentro de um asilo. O Lar São Vicente de Paulo confirmou, nesta quarta-feira (29), 19 óbitos dentro da instituição. Segundo balanço epidemiológico da prefeitura da cidade, 21 pessoas morreram na cidade em decorrência da doença.

O número de casos ocorridos dentro do Lar São Vicente de Paulo é responsável por um terço do total de casos confirmados pelo prefeitura. Segundo o último boletim divulgado nesta quarta-feira (29) pela prefeitura, Alfenas tem 289 casos confirmados de covid-19, dos quais 98 ocorreram na instituição.

Em coletiva, a diretora do Lar de Alfenas, Flávia Correa, afirmou que 98 casos são de residentes do asilo. Ela também afirmou que o número de mortes de idosos na cidade costuma aumentar entre os meses de junho a agosto e que, no ano passado,15 foram a óbito nesse período.


Declaração

Já o prefeito Luiz Antonio da Silva (PT) ressaltou que a prefeitura vem realizando testes e que, sem eles, parte dos idosos poderia ter morrido sem que o motivo fosse descoberto. Segundo ele, 10 dos 20 leitos de terapia intensiva ocupados, e a previsão é de que outros 15 leitos sejam abertos, caso haja demanda.

Luiz Antonio também sugeriu que o número de mortes seria igual mesmo sem pandemia.

— Se a gente não testasse, nós iríamos enterrar vários idosos sem saber se era por coronavírus […]. Provavelmente metade dessas mortes aconteceriam mesmo sem covid.

A declaração pode ser acompanhada a partir do minuto 29’50” neste vídeo:

Covid em asilos

O Lar São Vicente de Paulo de Alfenas (MG) não é o único que se tornou um foco de covid-19 no estado. O Abrigo Frei Anselmo, na cidade de Unaí, a 590 km de Belo Horizonte, tem 65 idosos infectados e 8 óbitos confirmados. Os dois asilos são vinculados à Sociedade São Vicente de Paulo.

FONTER7
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA