Grave acidente na Prof. Abeylard deixa quatro pessoas feridas em Sete Lagoas

OS dois condutores estavam embriagados

OS dois veículos seguiam no sentido contrário os

Uma colisão entre um Fiat Punto e um Chevrolet Chevette, na R. Prof. Abeylard, entre os bairros Manoa e Nossa Senhora das Graças, em Sete Lagoas, na noite deste sábado (15), deixou quatro pessoas feridas. Os dois veículos eram conduzidos por motoristas embriagados.

Segundo a Policia Militar, em contato com o condutor do veículo Chevette,  de 49 anos, este relatou que transitava pela avenida Professor Abeylard sentido Centro, que neste momento teve seu veiculo colidido na frontal pelo veículo Fiat Punto, o qual perdeu o controle e atingiu a contra mão de direção. Em contato com as testemunhas estas confirmaram os fatos narrados pelo condutor.

O veículo Chevette estava ocupado com quatro passageiros, onde a passageira, de 42 anos, ficou presa nas ferragens. O Corpo de Bombeiros compareceu e retirou a vítima das ferragens, sendo esta socorrida por uma equipe do Samu para o Hospital Municipal com suspeita de fratura na perna direita.

Já a passageira, de 23 anos, fraturou o nariz e queixava-se de muita dor no corpo e não conseguia se locomover, sendo atendida também pela equipe do Samu, onde também foi encaminhada para o Hospital Municipal.

Outras duas vítimas, que também ocupava o Chevette queixavam-se de dores no corpo e apresentavam pequenas escoriações e deslocaram de meios próprios para o Hospital Municipal.

Os veículos ficaram bastante danificados, devido o impacto da colisão

O condutor do Chevete foi submetido ao teste do etilômetro, que constatou que o mesmo estava sobre efeito de álcool. O condutor do Punto apresentava sinais notórios de embriaguez ao volante e perguntado a ele se havia ingerido bebida alcoólica, este respondeu que sim e se recusou a fazer o teste do etilômetro e estava com a CNH vencida a mais de trinta dias.

Aos condutores foi dado voz de prisão em flagrante, por conduzir os veículos embriagados. Eles não apresentavam lesões aparentes e dispensaram atendimento médico, desta forma ambos foram conduzidos para Delegacia de Polícia.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA