Secretário admite que Sete Lagoas é área de contaminação comunitária do coronavírus

José Roberto Silva, presidente da ACI, Geraldir Alves, presidente da CDL, prefeito Duílio de Castro e o secretário de Saúde, Flávio Pimenta, durante assinatura do decreto

Um dia depois de o Executivo decretar medidas de emergência em saúde pública para conter o avanço do coronavírus em Sete Lagoas, o secretário de Saúde, Flávio Pimenta, admitiu, em áudio que circula no whatsapp, que a cidade é área de transmissão comunitária. O que é isso? É quando o vírus está em circulação e há contaminação de pessoa para pessoa.

Entre as medidas decretadas pelo município está o fechamento de todo o comércio. A medida começou a valer nesta sexta-feira (20) e não engloba serviços tidos como essenciais, como postos de gasolina, farmácias, padarias e supermercados. Lojas, academias, salões de beleza, bares e restaurantes devem permanecer fechados.

No áudio divulgado na noite nessa quinta-feira (19) o secretário é categórico ao dizer que “somos agora área de transmissão comunitária, isso precisa ser entendido. Nada pode ser escondido mais”. Ele continua dizendo que há quatro pacientes entubados no serviço de saúde municipal com fortes suspeitas de se tratar de coronavírus.

O gestor da saúde da cidade, em outro áudio compartilhado com autoridades de cidades da região, pede que “tomem providências, tem que ter rigor, tem que fechar tudo”. Assim como aconteceu em Sete Lagoas. O prefeito de Jequitibá entendeu o recado e já começou a rodar um carro de som na cidade pedindo para que os moradores não venham para Sete Lagoas.

Entramos em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura que afirmou que será emitido um novo balanço da situação do coronavírus na cidade em breve. No último levantamento foi confirmado um caso e mais 20 em investigação.

Assim que as informações forem divulgadas esta matéria será atualizada. É preciso que as pessoas sigam as recomendações dos agentes de saúde e permaneçam em casa, em isolamento social para diminuir a circulação do vírus e, consequentemente, a contaminação.

2 COMENTÁRIOS

  1. O mais prático seria, divulgar o nome da Sra que chegou da Europa com o vírus, e das pessoas que estão com suspeita, para as que tiveram contato com as mesmas possam procurar os agentes de saúde. Desta forma poderiam dar um basta em tudo, pq já está estressante tudo isso. Mas a prepotência o egoísmo e a ignorância, são os obstáculos pra resolução de tudo.

DEIXE UMA RESPOSTA